Mercado turístico do Algarve

    Mercado turístico do Algarve

    O mercado turístico da região do Algarve recebeu, em 2014, cerca de 3,6 milhões de hóspedes, o que correspondeu a um aumento de 14,5% relativamente a 2013, representando um importante aumento da taxa de crescimento face aos 3,6% registados entre 2012 e 2013.

    A maioria dos hóspedes registados tinha origem nos mercados externos (2,48 milhões), representando uma quota de 70%, tendo aumentado em todos os principais mercados, exceto no holandês, destacando-se, em termos absolutos, o aumento do número de hóspedes do Reino Unido (+ 109.600), Espanha (60.600), França (30.900), Alemanha (15.100) e Irlanda (12.200).

    Em termos relativos a taxa de crescimento mais significativa foi a do mercado francês (+34,4%), seguida de Espanha (26,7%), do mercado nacional (20,1%), Reino Unido (12,2%) e Escandinávia (11,4%). No ano passado as dormidas na hotelaria algarvia registaram um aumento global de 11,2%, atingindo os 16,4 milhões, dados que voltam a confirmar o Algarve como o principal destino de férias do país, com uma quota de 35,5%.

    A região surge à frente de Lisboa (11,5 milhões de dormidas), Madeira (5,9 milhões), Norte (5,4 milhões), Centro (4,1 milhões), Alentejo (1,3 milhões) e Açores (1 milhão). No balanço de 2014, a região ganhou 1,65 milhões de dormidas relativamente ao ano imediatamente anterior, sendo 1 milhão de novas dormidas geradas por turistas estrangeiros e 650 mil de turistas nacionais.

     

    Evolução dos principais mercados em 2014

    Os cinco principais mercados da região representaram 80% das dormidas registadas em 2014, nomeadamente o mercado nacional, Reino Unido, Alemanha, Holanda e Irlanda.

    PORTUGAL: O mercado nacional representou 24,6% das dormidas turísticas registados na hotelaria do Algarve durante 2014, com um total de 4 milhões, valor que representa um aumento de 19,2% em relação a 2013. Aos turistas registados na hotelaria haverá que adicionar o fluxo de hóspedes que se alojam em estabelecimentos particulares ou que utilizam uma segunda habitação, fenómeno difícil de quantificar face à inexistência de dados oficiais.

    REINO UNIDO: continua a ser o segundo mercado em número de hóspedes na hotelaria e o maior mercado em número de dormidas, com uma quota de 43% entre os mercados externos, tendo registado 5,318 milhões de estadias em 2014, o que significa o aumento de 9,3% face ao ano anterior. De acordo com a base de dados da equipa de turismo no Reino Unido, existem atualmente cerca de 100 operadores com programação regular para Portugal (lista divulgada no site www.portugaloffice.org.uk). A depreciação do euro relativamente à libra, que se iniciou em agosto de 2013, continua a exercer uma influência claramente positiva na evolução deste mercado. Este facto, juntamente com a moderação de preços no setor turístico em resposta à crise, contribuem para que Portugal surja como um dos destinos turísticos mais competitivos para o mercado britânico. Esta realidade completa-se com a visão positiva proveniente da evolução favorável prevista para as principais variáveis macroeconómicas publicadas no último relatório de previsões na Comissão Europeia que aponta para a aceleração do crescimento do PIB, menor inflação e menor taxa de desemprego. O Aeroporto de Faro tem ligações aéreas para cerca de 20 cidades no Reino Unido, com programação de voos com uma capacidade máxima potencial de 1,6 milhões de passa geiros. As principais cidades com ligação aérea para Faro são Londres (potencial de 528 mil passageiros), Manchester (182 mil), Nottingham (127 mil), Bristol (115 mil) e Belfast (95 mil). Outras cidades são Birmingham, Blackpool, Bournemouth, Cardiff, Doncaster, Edimburgo, Exeter, Glasgow, Leeds, Liverpool, Londonderry, Newcastle, Southampton e Southend.

    ALEMANHA: A Alemanha representa, tradicionalmente, o segundo maior mercado externo emissor de turistas para o Algarve. Trata-se do primeiro mercado emissor da Europa, com 82,5 mi lhões de turistas e o segundo maior mercado emissor a nível mundial, depois da China. Em 2014 o mercado alemão registou 1,586 milhões de dormidas na hotelaria, o que corresponde a um acréscimo de 5,1% face ao ano anterior. A quota, entre os principais mercados externos da região, situou-se em 12,8%. O Algarve tem ligações aéreas diretas com cerca de uma dúzia de cidades alemãs, incluindo Frankfurt, Dusseldorf, Munique, Colónia e Berlim. Outras cidades são Bremen, Dortmund, Hamburgo, Hanôver e Estugarda.

    HOLANDA: Mercado emissor de 28,1 milhões de turistas em 2012, com 2,7% da quota mundial. O Algarve continua a ser a principal região de destino dos holandeses que visitam o nosso país, com uma quota de 65,8% das dormidas. Em 2014 o mercado holandês registou 1,363 milhões de dormidas na hotelaria, o que correspondeu a um decréscimo de 0,3% em comparação com 2013. A quota, entre os principais mercados externos da região, situou-se em 11%. As principais cidades com ligação aérea para Faro são Amesterdão, Eindhoven, Roterdão Maastricht e Groningen.

    IRLANDA: O mercado irlandês registou 960 mil dormidas na hotelaria em 2014, o que corresponde a um acréscimo de 7,5% comparado com 2013. As principais cidades com ligação aérea para Faro são Dublin, Cork, Shannon, Kerry e Knock.