Saiba como exportar com o e-commerce

    O e-commerce está em rápido crescimento a nível mundial e Portugal não é exceção. Segundo o relatório “CTT e-Commerce Report 2019”, em 2018 houve um crescimento de 17% e o volume de negócio atingiu um valor total de 5 mil milhões de euros. É expectável que os valores nos próximos anos sejam ainda mais expressivosAs tendências apontam para que em 2040 cerca de 95% das compras sejam feitas através do comércio eletrónico (Nasdaq). 

     

    O QUE É O E-COMMERCE? 

    O e-commerce, ou comércio eletrónico, é um canal de venda online que permite chegar a clientes de todo o mundo. O mesmo consiste na compra ou venda de produtos ou serviços por via eletrónica, através da Web ou de aplicações móveis. Quer as vendas sejam efetuadas a outras empresas (B2B) ou ao consumidor final (B2C), o comércio eletrónico pode implicar a criação de uma loja online, a presença num marketplace, a venda através de redes sociais ou uma combinação destas opções. 

    COMO EXPORTAR VIA E-COMMERCE? 

    Para aumentar as possibilidades de sucesso do e-commerce internacional, é importante ter em consideração um conjunto de aspetos, entre eles: 

    ESTRATÉGIA: 

    • Decidir qual o melhor canal para vender online: loja própria, marketplace, redes sociais ou uma combinação destas opções; 
    • Escolher a tecnologia mais adequada para gerir as encomendas e os stocks, assegurando que a loja online, está disponível 24 horas, diariamente; 
    • Optar por um sistema de logística ágil, eficaz e competitivo; 
    • Apostar num serviço de apoio ao cliente de excelência; 
    • Integrar a estratégia online com o negócio offline, se este existir; 

    PRODUTOS: 

    • Definir o perfil do cliente o catálogo de produtos adequado; 
    • Escolher uma apresentação dos produtos que seja apelativa; 
    • Procurar detalhar sempre as características dos produtos; 
    • Prever um eventual aumento da produção para conseguir responder à procura; 

    RECURSOS HUMANOS: 

    • Ter uma equipa especializada em vendas via e-commerce; 
    • Assegurar que existem competências e conhecimentos de marketing digital que permitam otimizar o posicionamento do website no motor de buscas; 

    MERCADO: 

    • Escolher os meios de pagamento a disponibilizar em função das preferências dos consumidores em cada país; 
    • Conhecer os aspetos legais e fiscais associados ao mercado de destino. 

    A sua empresa está preparada para vender via e-commerce?

    Contacte-nos e saiba como podemos ajudar: info@neomarca.pt