Tendências Pós-COVID no setor da Restauração

    Irina Makohin

    A COVID-19 obrigou as empresas a reinventar os negócios, digitalizar processos e implementar inovações tecnológicas com o intuito de aumentar a produtividade. E o setor da Restauração não foi exceção.

    Para que os restaurantes evoluam, é fundamental compreender o cliente da próxima geração, principalmente num contexto pós-pandémico e o que é certo, é que o cliente da próxima geração é tecnologicamente experiente e conectado.

    A partir deste cenário, o futuro da restauração pós pandemia passará por uma possível transformação motivada por novos hábitos, pela aceleração tecnológica, protocolos sanitários e de saúde global. Tudo para fornecer maior segurança alimentar, saúde, sustentabilidade e estabilidade às pessoas.

     

    Como será o futuro da Restauração? Descubra as principais tendências:

    1) Reforço do serviço de entrega ao domicílio e take-away

    De acordo com o estudo realizado pela TheFork, para o ano de 2021, 74% dos consumidores acreditam que a tendência de utilização dos serviços de entregas ao domicílio e takeaway continuará a aumentar e existem várias evidências que comprovam esta tendência.

    Desde logo, o incremento da atividade online na sociedade não ajudará os restaurantes a recuperar o nível de procura que tinham nas suas salas e esplanadas. Ninguém consegue prever qual será a expressão do teletrabalho na atividade laboral, mas sabemos que este veio para ficar, e naturalmente impactará o mercado da restauração. Podemos assim estar a presenciar o início de uma forte disrupção no mercado da restauração, se o delivery e o take-away assumirem efetivamente uma expressão mais significativa no pós-pandemia, à custa de uma menor procura no consumo de refeições dentro dos restaurantes. Se tal acontecer, a oferta da restauração deverá adaptar-se com novas soluções para satisfazer este novo segmento e talvez mesmo alimentá-lo competindo pelo baixo custo.

    2) Aumento da Digitalização

    O crescimento da digitalização no setor da restauração é algo que está cada vez mais presente na realidade atual. As novas ferramentas e soluções tecnológicas melhoram e mudam a forma como os negócios de restaurantes são geridos e é apenas uma questão de tempo até que todos os componentes se  tornem digitais. Não se trata apenas da implementação de uma estratégia de Marketing Digital mas sim de um conjunto de ações que podem ser implementadas a nível tecnológico e que irão melhorar a experiência do cliente.  As reservas online, o menu online e o pagamento digital são apenas algumas das ferramentas digitais mais utilizadas pelos restaurantes.

    Os consumidores com experiência em tecnologia exigem envolvimento digital dos restaurantes e desejam opções de tecnologia de restaurante de ponta que os reconheçam e conheçam suas preferências.

    3) Maior segurança após o COVID-19

    A prevenção de multidões está entre as tendências que remodelam os hábitos alimentares das pessoas. Face a isto, importa recordar que o cliente atual está muito mais exigente e também informado sobre as normas técnicas. É crucial informar os seus clientes sobre os protocolos de saúde implementados pelos restaurantes e as normas de segurança cumpridas pela equipa, criando máxima transparência.

    4) Destaque para a Sustentabilidade

    Não há dúvidas que a alimentação desempenha um papel importante na sustentabilidade do nosso planeta. Com a crise pandémica instalada, a consciencialização ecológica ganhou maiores proporções. Com a redução acentuada do contacto e das atividades humanas, verificou-se uma melhoria significativa da qualidade do ar e uma redução na poluição da água de várias cidades do mundo. Hoje os consumidores prestam mais atenção à origem e qualidade dos alimentos – sejam sustentáveis ou alimentos biológicos, como também começam a comprar alimentos em locais mais sustentáveis.

    Esta tendência verifica-se também na restauração, com restaurantes a dar mais atenção ao desperdício de alimentos e a oferecer um menu mais reduzido. Além disso, os responsáveis da restauração estão mais atentos à origem dos seus ingredientes e recorrem cada vez mais a fornecedores ecologicamente mais responsáveis.

    Aproveite estas tendências para tornar o seu negócio mais eficiente e proporcione aos seus clientes experiências memoráveis – com cuidados extras de segurança.