Linha de apoio às Empresas do Turismo reforçada em 20 milhões de euros

    A Linha de Apoio à Tesouraria das Micro e Pequenas Empresas do Turismo foi reforçada em 20 milhões de euros, passando agora para uma dotação orçamental total de 120 milhões de euros. Foi também fixado um valor adicional de 250 euros por empresa, a acrescer ao valor do prémio de desempenho, para as empresas que adiram ao Selo Clean & Safe e frequentem pelo menos uma das respetivas ações de formação em 2021.

    As alterações incluem, ainda, a aplicação de uma moratória para o início dos reembolsos, passando estes para 30 de junho de 2022.

    Através desta Linha, as micro e as pequenas empresas do setor podem aceder a um apoio financeiro correspondente a 750 euros por posto de trabalho/mês, pelo período de 3 meses, até ao máximo de 20 mil euros no caso das microempresas e de 30 mil euros para as pequenas empresas. Em ambas as situações, 20% daqueles montantes podem ser convertidos a fundo perdido.

    Até ao momento, segundo os dados do Turismo de Portugal, entidade que gere este financiamento, foram aprovadas 10.375 candidaturas de empresas, no valor global de 92,9 milhões (dos quais 83,3 milhões já foram pagos), com destaque para os sectores da restauração (59% do total) e do alojamento (23%).