O mercado europeu de e-commerce B2C continua a crescer

    O mercado europeu de e commerce B2C continua a crescer

    O mercado europeu de e-commerce B2C continuou o seu crescimento com uma taxa de crescimento de 13,3% (em 2014 foi de 13,6%), as vendas B2C online na Europa atingiram € 455,3 mil milhões em 2015. Para 2016, espera-se que a taxa de crescimento diminua um pouco, para 12,0%. Como resultado, o volume de negócios no e-commerce B2C europeu está previsto atingir a marca de € 500 mil milhões em 2016 (€ 509,9 mil milhões).

    A origem destes números está no Relatório de E-commerce Europeu B2C 2016, encomendado pela Ecommerce Europe e feito pela Ecommerce Foundation. Este relatório fornece uma visão geral dos números do comércio eletrônico europeu, incluindo vendas on-line, o número de compradores pela Internet e a participação do comércio eletrônico no PIB europeu.

    Além disso, o Relatório de E-commerce Europeu B2C 2016 traz os principais indicadores dos 25 principais mercados europeus em termos de comércio eletrônico. Através de infográficos práticos, os leitores têm uma melhor compreensão do cenário de comércio electrónico nestes países.

    Segundo os dados já partilhados, as compras online geraram 455,3 mil milhões de euros em 2015, na Europa, valor que representa uma subida de 13,3% face ao ano anterior, enquanto Portugal cresce 15,9%, com um volume de 3,3 mil milhões de euros.

    No relatório a associação aponta para a existência de cerca de 296 milhões de ciberconsumidores no Velho a Europa, que gastaram uma média de 1.540 euros cada um em compras online, ao longo de 2015. O Reino Unido, a França e a Alemanha são os países que mais contribuem para o saldo positivo, representando juntos mais de 60% das receitas totais.

    O Reino Unido lidera como mercado B2C de maior dimensão (157,1 mil milhões de euros) e em gasto médio por compra (3.625 euros). Contudo, a Alemanha tem mais “cibercompradores” – 51,6 milhões versus 43,4 milhões. A Ucrânia, a Turquia e a Bélgica são os mercados que cresceram mais – respetivamente 35%, 34,9% e 34,2%. O relatório destaca que o impacto do comércio eletrónico B2C na economia europeia tem vindo a aumentar e o crescimento deverá continuar nos próximos anos.

    Já em 2016 está previsto que as vendas ultrapassem os 510 mil milhões de euros. Em 2017 o valor passa para os 598 mil milhões e sobe para os 660 mil milhões em 2018. Às estimativas otimistas junta-se “todo o espaço que ainda há para crescer”, com a Ecommerce Europe a assinalar que apenas 43% da população europeia faz compras através da Internet, e só em 16% dos casos essas compras são “transfronteiriças”.

     

    Para mais informação sobre o relatório poderá consultar a versão light em: ACEPI 

     Fonte: ACEPI