Vendas de citrinos continuam a crescer

    Os citrinos continuam a registar crescente procura por parte dos consumidores. Segundo novos dados, as vendas de citrinos estão a registar uma grande recuperação a nível internacional, com o preço do sumo de laranja a subir 22%.

    As frutas cítricas foram as mais procuradas durante a crise pandémica do COVID-19. Os consumidores procuram impulsionar o seu sistema imunológico com o aumento de ingestão de vitamina C. De acordo com a Bloomberg, os contratos futuros de sumo de laranja tiveram um aumento de 22% em março, o maior ganho mensal desde outubro de 2015″, afirma a agência Tridge.

    Sobre as vendas da Laranja do Algarve sabe-se que duplicaram e o preço triplicou, e esta será uma tendência crescente à medida que a produção se esgota.

    Recorde-se que as exportações portuguesas de frutas, legumes e flores mantiveram enorme dinamismo no primeiro trimestre de 2020 e cresceram 10% em comparação com o mesmo período de 2019, atingindo os 398 milhões de euros.

    As frutas foram os produtos que mais se destacaram neste crescimento. Em comparação com os primeiros três meses de 2019, as exportações subiram 18,3% para 165 milhões de euros. Já os preparados de frutas e legumes registaram uma evolução de 6,3% (para 114 milhões de euros) e os legumes recuaram ligeiramente (-1,1%, para um total de 82 milhões de euros).

    Nos últimos dez anos, as empresas produtoras de frutas, legumes e flores duplicaram as vendas para os mercados externos, passando de 780 milhões de euros em 2010, para 1605 milhões de euros em 2010. Há dez anos as exportações representam 35% do valor da produção total; agora equivale a 52%.

    Espanha é o principal mercado para as frutas, legumes e flores nacionais, com um peso de 31%. Segue-se França, Holanda, Reino Unido e Alemanha.

    Como podemos ajudar?

    Tem uma empresa no setor agroalimentar?

    A nossa equipa tem experiência no setor agroalimentar, tanto a nível nacional como internacional.

    Contacte-nos para mais informações info@neomarca.pt | 289 098 720 | 915 990 790